© Leandro Girardi Shimba por Danielle Shimba

  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social

Para marcar uma consulta

(whatsapp)11-94370-7156​

Condromalácia Patelar

O que é?

A condromalácia patelar é uma doença de evolução, em sua maioria, lenta. Muitas vezes o joelho incha sem a pessoa sentir dores.

A condromalácia é o amolecimento e degeneração da cartilagem da patela, podendo variar entre seu amolecimento até uma lesão aguda, causando fissuras e provocando desconforto e dores, atingindo toda a espessura da cartilagem da patela.

 

Mas qual é a função da cartilagem da patela?

Ela é responsável por amortecer as diversas pressões aplicadas na patela durante o dia-a-dia e diminuir o atrito entre os ossos do fêmur e da patela, tem em media 5mm de espessura, sendo a cartilagem mais espessa do corpo.

Quais são suas principais causas?

• Hiperpressão entre a patela e o fêmur durante o movimento de flexo extensão do joelho;

• Traumatismo crônico: pancadas ou traumas repetitivos, como a realização de chutes repetidos com o joelho.

• Alterações no “tracking” patelar.

Principais sintomas da doença:

‣  Dor anterior ou posterior no joelho, sendo a anterior a mais comum;

‣  Dor durante uma corrida, ao descer ou subir escadas e ao ficar muito tempo sentado com os joelhos dobrados;

‣  Inchaço abaixo da rótula do joelho.

Formas de tratamento:

1. Não cirúrgico: visa a melhora da dor e

evolução da doença.
- Fisioterapia: Auxilia no fortalecimento dos músculos fracos para reequilibrar biomecânicamente o joelho. É especialmente importante reforçar o músculo vasto medial, glúteos e rotadores externos do quadril para equilibrar as forças atuantes sobre a patela.
- Medicamentos condroprotetores: Visam o alívio dos sintomas e melhora da qualidade da cartilagem, controlando o progresso da doença.

- Colágeno: função similar ao dos condroprotetores.

2. Cirúrgico: é indicado somente quando há falha no tratamento conservador. Visa:
- Reestabelecer a uniformidade da superfície articular,

- Tratar a reação inflamatória da membrana chamada sinovial,
- Remover as lesões degeneradas,
- Realizar o realinhamento patelar (se necessário).